O CÂNCER TEM CURA !

* FUI CURADO DE CÂNCER COM BABOSA ! *
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  Login  
Câncer, Lupus, Tuberculose, Dengue, Diabetes, Hipertensão, Ulcera, Gastrite, Esofagite, Azia, Refluxo, Asma, Bronquite, Artrose, Osteoporose, Sinusites, Otites, Alergias, Epidermólise Bolhosa, Acnes, Celulites, Estrias, Rugas, Cicatrizes, Úlceras de Pressão, Úlceras Varicosas, Úlceras Venosas, Vaginite, Pé-Diabético, Queimaduras, Feridas Lacerativas, Prisão de Ventre, Obesidade, Queima de Gordura Localizada, Problemas Renais, Digestivos...
Compartilhe | 
 

 Cura de Câncer do Intestino com metástases

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Dra. A.M.T



Mensagens: 35
Data de inscrição: 20/02/2010
Cidade: em algum lugar do Brasil

MensagemAssunto: Cura de Câncer do Intestino com metástases   Qua Fev 24, 2010 11:59 am

Caríssimos;

Recebi um e-mail de um membro deste fórum portador de câncer.
Após relatar-me seu caso, lembrei-me de um caso muito semelhante. Por esse motivo, decidi relatar à todos como foi a
cura do Sr. "Antônio", portador de Câncer intestinal com metástase pulmonar.

No ano de 2005 fui procurada pela esposa e pelo filho do Sr. Antônio. Eles me contaram do caso de "Antônio" e como a doença havia evoluído.
Ele estava com Câncer no intestino, com "focos" no pulmão.
Estava deprimido e não desejava mais sair de casa. Voltou a fumar para que, segundo ele, sua morte fosse mais rápida e prazerosa.
Sua família não acreditava mais na CURA, mas queriam que ele tivesse uma qualidade de vida melhor. Ouço muitas pessoas dizendo que desejam uma qualidade de vida melhor. Se estivesse acontecendo comigo eu queria a CURA e não uma QUALIDADE DE VIDA MELHOR.
Somente o portador de câncer sabe o que é isso. Essa é uma das doenças que mais nos apavora.
Quando pensamos na palavra CÃNCER ou TUMOR MALÍGNO, logo pensamos em morte. E as pessoas que se curam, nem sempre testemunham a cura
pois não querem nem mais ouvir falar nesta doença, achando que só em pensar ou ver algo sobre esta doença está "atraindo" para si novamente. Conheço muitos que, após se curarem, nem sequer falavam a palavra CÂNCER. Se limitavam a dizer "Doença maldita", "nome feio", "doença feia", e muitos outros sinônimos.
"Antônio", ao saber que estava com um tumor em seu intestino, apavorou-se e voltou a fumar.
Fui até a casa de "Antônio", pois já o conhecia por anos. Eu era médica da família.
Tentei fazê-lo entender que tinha que lutar como nunca, e não deixar-se abater. A guerra fora lançada. Não podemos nos render.
Ele não queria nem fazer exames.
Foram duas longas semanas convencendo-o a se cuidar. Sei que o portador de tal doença sofre uma "pressão psicológica". Realmente não é fácil. Nessas horas que temos que ser tolerantes e pacientes.
Enfim, após convencê-lo, surgiu outro problema: Ele não aceitava de jeito nenhum o tratamento com babosa. Dizia que eu o estava fazendo de cobaia.
Mais uma vez tentava conversar, contar casos de cura, mostrar os estudos, o livro do Frei, dizer que tínhamos uma chance de vitória...
Só decidiu fazer o tratamento 3 semanas depois. Com isso, já havia passado 5 semanas.
Até então, ele só sabia da existência do câncer no intestino. Antes de iniciar o tratamento com babosa, pedi para que fosse a um oncologista e fizesse todos os exames requisitados. Quando chegou o resultado do exame, veio a bomba: FOCOS NO PULMÃO!
Fora aconselhado, claro, a parar de fumar.
Iniciou-se o uso da receita da babosa, de mesmo modo que indicado neste fórum. Falei com toda a família que deveria ser ministrado todos os dias, antes das principais refeições, sem interrupções, pois cada dia seria precioso. Pedi que tomasse por 4 meses se pausa.
Ele reclamava o tempo todo dizendo ser amargo demais.
Em aproximadamente 1 mês, o médico de "Antônio" solicitou novos exames.
Para espanto de todos, além do câncer instalado no intestino e focos no pulmão, surgiram "nódulos" no fígado. Esse diagnóstico iria retardar a data para a cirurgia, para que fosse verificado se tais "nódulos" eram malígnos os benígnos.
Após esse notícia, "Antônio", acompanhado de sua família, foram até meu consultório. Então, pegou os exames e falou: - Doutora, a senhora disse que tomando essa "coisa" todo o dia eu ficaria bom. Então por que a doença não regrediu e ainda apareceu no fígado?
O grande problema das pessoas é achar que tudo tem que ser resolvido rápido, senão não presta. Muitos largam o tratamento com babosa porque desejam se curar completamente no primeiro mês.
O câncer não aparece de uma hora para outra. Você não dorme em um dia e acorda com câncer noutro. Ele se forma aos poucos. Muitas vezes só descobrimos quando o tumor já está evoluído.
Expliquei a "Antônio" que da mesma forma que o tumor aparece em nosso organismo, sua cura não será de uma hora para outra.
A babosa, primeiramente, faz uma faxina no corpo eliminando toxinas. Depois trata todo o tipo de infecção e má formação. E finalmente, aumenta o número de anticorpos capazes de combater tudo o que há de errado dentro do corpo. Quando me perguntam quanto tempo demora para vir a cura, eu sempre respondo: - Depende do tipo e gravidade da doença e, principalmente, do organismo de cada um.
Embora o caso possa se repetir exatamente igual em demais, cada corpo funciona de um modo diferente.
O tratamento com a Aloe não pode ser interrompido jamais.
O tumor no intestino e pulmão de Antônio não regrediu no primeiro mês. Mas ela progrediu? NÃO! Temos que olhar por esse lado.
A babosa com toda a certeza está agindo no corpo dele. Mas é o fígado? Provavelmente já estava com os nódulos, mas não fora visto antes.
Pedi para que tivesse mais paciência.
Passaram 17 dias e "Antônio" teve que voltar ao hospital afim de ser realizado novos exames no fígado.
"Antônio" fez os exames com seu oncologista ao lado. O médico parecia aflito, enquanto olhava na tela o fígado de "Antônio".
Passaram horas, e exausto, o médico conclui os exames e olha para o oncologista. Agora tinham que conversar com "Antônio".
O oncologista acompanhado do médico que fez os exames disseram a "Antônio": - Quando examinamos o seu fígado na última vez que
você esteve aqui, havia não um, mais 4 nódulos em seu fígado. Hoje procuramos muito e nada encontramos.- e conclui - Talves
a máquina estava com defeito.
O fato é que alguns médicos não acreditam na CURA sem os medicamentos convencionais. Mas eu, "Antônio" e toda sua família, sabia
que só tinha uma explicação: A BABOSA ESTAVA CURANDO "ANTÔNIO"!
Passaram mais 1 mese, e Antônio estava regularmente no médico fazendo todo o tipo de exame solicitado, e cada vez mais
novidades. Ouviu algumas vezes O CÂNCER ESTÁ ESTÁVEL, NÃO PROGREDIU NEM REGREDIU. E também ouvia HOUVE UM PEQUENO REGRESSO NO TUMOR.
Qualqueis uma das duas informações são motivos para festejar.
Enfim, o oncologista marcou a cirurgia para retirada de parte do intestino (onde estava localizado o câncer).
A cirurgia de Câncer Intestinal é realizada com a retirada do segmento envolvido e dos linfonodos que drenam o segmento.
O médico antes da cirurgia disse a "Antônio" que somente o ato cirurgico não elimina a doença. E completou dizendo que
há um grande risco de recidiva local.
Câncer de intestino tratado pode retornar no mesmo local ou em local próximo do inicial. Se isto ocorrer, é chamado de recidiva local.
Recidiva local também pode ocorrer no local da anastomose – a área onde duas porções do intestino são suturadas após
a cirurgia de retirada do câncer de intestino.
Finalizada a cirurgia, o médico oncologista, pediu que "Antônio" fizesse 11 quimioterapias.
O preparado de babosa, além de combater o câncer, também alivia e muito os indesejáveis efeitos colaterais da quimioterapia.
Após 5 sessões, o médico liberou "Antônio" da outras 6 quimioterapias, pois já não existia mais nenhum tumor: NEM NO INTESTINO E NEM NO PULMÃO.
Ao todo, passaram 1 ano e 9 meses para que "Antônio" pudesse afirmar com toda certeza - ESTOU COMPLETAMENTE CURADO!!!
Ainda hoje, 2 anos e alguns meses que "Antônio" se curou, continua tomando a babosa, só que desta vez com intervalos maiores entre uma dose e outra,
como forma de prevenção. Não só ele, mas toda a família toma a babosa.

Está mais do que provado que a babosa cura!
Se tiverem dúvidas, não hesite em perguntar.
Cordiais saudações à todos!
DR. AMT
Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Cura de Câncer do Intestino com metástases

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Um testemunho: cura na ccb Jandira de Maringá
» Fruta do Conde x Câncer
» Diagnóstico e Estadiamento do Câncer de Próstata
» Pedido de Oração para tratamento de Câncer
» Descoberta a cura do Câncer...

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
O CÂNCER TEM CURA ! ::  :: -